CIBERCRIMINOSOS

CIBERCRIMINOSOS

Imagem Google


R$ 2,5 bilhões, um dos maiores roubo a banco da história.

O Jornal The New York Time informou que o relatório do Kaspersky Labs revelou um esquema de “assalto digital” a banco muito interessante.

Os hackers realizam o maior roubo a banco da história. Os prejudicados eram os bancos e não os seus clientes.

Mais de 30 países foram assaltados, menos o Brasil.

Estima-se que em alguns meses mais de US$900 milhões foram roubados.
Como “assalto digital” este foi um dos mais sofisticados esquemas, sendo o maior de história de roubo a bancos.

Os cibercriminosos usaram os mais sofisticados esquemas de roubo a bancos até agora descobertos.

Esse seria o maior e mais sofisticado roubo a bancos da História, em termos de táticas e métodos.

Eles se infiltram em computadores de funcionários de bancos através de malwares e ficam monitorando por um tempo todas as atividades realizadas no computador para identificar padrões de transações e tudo mais.

Até hoje, nenhuma quantia maior que US$ 10 milhões foi transferida para não levantar grandes suspeitas.

Todo esse dinheiro acaba sendo pulverizado em várias contas de laranjas em diversos países pelo mundo. Em seguida, a grana é sacada em caixas eletrônicos.

Acreditam que pelo menos 100 bancos tenham sido invadidos. A maioria está na Rússia, mas instituições financeiras nos EUA, Japão, Suíça e outras nações também foram atacadas.

Manoel Amaral
FONTE:

IMPUNIDADE, PROPINAS, FRAUDES

IMPUNIDADE, PROPINAS, FRAUDES, ROUBALHEIRA, ASSALTOS E ETC.
Estamos no Brasil
www.novotopico.com

Sugestões para ajuste fiscal deste ano e dos seguintes:
– Vender o AeroLula, optar por um modelo mais simples.
– Cortar Salários pela metade, dos Ministros, Presidentes, Governadores, Embaixadores, Senadores, Deputados e dirigentes de estatais.
– Continuar cortando “altos salários” seja lá de onde for.
– No futebol, altos dirigentes, fazer também algumas intervenções.
– Diminuir a equipe de governo e principalmente as viagens.
– Os acompanhantes do Governo Federal, em viagens ao exterior, podem ser cortados pela metade e ainda ficaria muito grande. Veja o exemplo de delegações de outros países.
– Diminuir o número de ministérios, Secretarias, de Deputados, Senadores, Vereadores e por aí.
– Dar menos dinheiro para outros países. Obras fora do Brasil, nem pensar.
– Não gastar mais nenhum tostão na transposição do Rio S. Francisco.
– Por fim a roubalheira na Petrobrás e em outras estatais.
– Acabar com tudo que só serve para desviar dinheiro público.
– Evitar ao máximo, desvio de bilhões em verbas, em todos setores.
No mesmo esquema, os Governadores e Prefeitos deverão acompanhá-la.
– Impedir saída dos minerais estratégicos do País e trabalhar para conseguir o enriquecimento do Urânio.
– Terminar as obras paralisadas, o mais rápido e gastando menos possível, moralizando o sistema.
– Acabar com a metade das ONGs dos Parlamentares, que são nada mais, na menos que um buraco sem fundo, não fazem nada.
– Não deixar o dinheiro público ir para o ralo.
– Colocar a PF na “cola” da Caixa Loterias, investigar os ganhadores de prêmios por mais de uma vez.
– Controlar os empréstimos do BNDS e nada a “Fundo Perdido”, não estamos mais no tempo de por dinheiro na mão de qualquer um, muito menos sem comprovação de gastos ou aplicação.
– Acabar de vez com essa “roubalheira generalizada e impune”.
– Diminuir os impostos para melhorar a arrecadação. É bom que se diga: “Nunca houve neste país uma equipe de governo que arrecadasse tanto.” Quase dois trilhões de reais. (www.impostometro.com.br) E gastasse ainda mais.
– E os crimes, assaltos cinematográficos e tantas balas perdidas? Solucionar isso de vez. Como? Não sei. Talvez criando novas equipes de investigação. Visitem EUA ou outro País.
– Parar de falar que Pré-Sal é “salvação da lavoura”. Isso não leva a nada.
– Mandar estes marqueteiros de última geração, para aquele lugar…
– Gastar menos na propaganda de Governo.
– Pegar os corruptos e corruptores e soltar em alto mar onde existir
 muitos tubarões.
– Autorizar só obras que vá realmente beneficiar a população.
– Empreiteiras no cabresto, isto é: nada de superfaturamento propina e roubalheira. E se uma obra afundar, cair ou explodir; ninguém receberá nada em pagamento, mais que justo.
– Deixar de mentir para os eleitores, isso ajudaria muito.
Se não der resultado é melhor pedir o boné do SMT e sair da cadeira.
“Só assim deixaremos de ser piada no exterior”

De um brasileiro indignado