NUNCA MENTIRAM TANTO NESTE PAÍS

NUNCA MENTIRAM TANTO AO NOSSO POVO!
Se vocês prometerem que não vão anunciar descobertas de petróleo no Amazonas, antes das eleições. Nem criar Projetos bombásticos e depois abandoná-los.
Não venderem ilusões de Trem-Bala, ponte ligando o Brasil a Portugal.
Não criarem Projetos para aquisição de mais aviões para a Presidência e deixarem a nossa Força Aérea com aqueles cacos…
Não criarem mais cargos em comissão em todos os Ministérios para colocar os seus colegas de partido, nem dar continuidade a bobagem de outros governos.
Deixarem o passado enterrado a sete palmos de altura, porque nenhum governo é santo. O seu partido não resiste a nenhuma CPI!
Deixarem de fazer palanque eleitoral com desgraça dos outros, serem mais criativos, tem muito pobre precisando.
Se prometerem reduzir os juros bancários vergonhosos. Os juros do Brasil são os mais altos do mundo!
Controlar a inflação, cortar gastos públicos e reduzir a dívida pública.
Nem vamos falar em dívida externa que anda na casa dos trilhões…
Se prometerem reduzir os juros dos cartões de créditos que estão roubando dos pobres brasileiros. Eles não desejam que ninguém pague à vista, pois em prestações mensais os juros sobem muito. (ninguém aguenta 15% de juros ao mês, vão todos quebrarem, depois não digam que não avisei).
Acabar com este sistema de empréstimo de “desconto em folha” dos aposentados e demais funcionários.
Realmente dar um apoio aos pobres que são a “massa” maior.
Mudar este sistema eleitoral corrupto e implantar novo sistema, onde vence quem tiver mais votos.
Colocar as urnas eletrônicas em dúvidas. São mesmo seguras? Porque os EUA não as adotaram?
Acabar com as nomeações para cargos em comissão, sem critério técnico, os patrocínios sem prestação de contas e as polpudas vantagens “não contabilizadas”.
Acabar com outras roubalheiras que estão por aí que CPI não resolve nada. Aliás, se quiserem deixar todo mundo impune é só convocar uma CPI.
Fortalecer a Petrobrás deixando-a trabalhar como antigamente, com critério técnico, sem envolvimento político de nenhum partido.
Se Pré-sal é coisa de futuro, deixar para o futuro, economizar as fofocas. Não voltar mais com essas discussões em época de eleições.
Acho que se quiserem baratear o preço da gasolina poderia, o resto é politicagem! E olha que gasolina suja a nossa!
Já prestaram atenção que enquanto estão falando mal de outro partido, estão automaticamente fazendo campanha para aquele partido? Sejam criativos!
Se prometerem fazer deste país um país melhor, talvez possam contar com o meu voto! Já estamos cansados com tanta falação e pouco resultado prático.
Ajude-nos a denunciar estas farsas. Passe adiante esta mensagem entre seus bons companheiros de partido.
OSVANDIR

Artigo escrito em outubro de 2010, publicado também em 2012 e repetido em 2014 sem nenhuma alteração.

O GOLPE DOS CARTÕES DE CRÉDITO



Ligo a TV e o Programa anunciava: Presa Quadrilha que usava cartão de crédito para gerar ponto que poderiam ser convertidos em passagens aéreas, diárias de hotel e outros benefícios.
Ai pensei: – Mas isso não é crime, está no contrato dos cartões de crédito – mas o programa foi desenrolando tudo e chegou onde estava a criminalidade.
Eles rodaram o mundo, uma família composta por quinze pessoas, conheceram a França, Suíça, Estados Unidos e muitos outros países.
Em três anos eles viveram um sonho que todos desejariam viver, Num ano torraram  R$39, milhões de reais.
Quem bolou o golpe foi um jovem de apenas 27 anos, técnico em informática, por sinal uma armação cheia de criatividade.
Teriam descoberto como multiplicar suas milhas aéreas.  O golpe era muito melhor do que estas histórias de cinema, eles vendiam e compravam deles mesmos, gerando pontos em centenas de cartões de crédito.
Forjavam gastos para poder usar cartões de crédito e, assim, criar milhas numa cascata. Uma viagem gerava gastos e assim os gastos criavam mais pontos nos cartões.
Haviam descoberto o “moto contínuo” nos preciosos Cartões de Crédito. Os bancos e as empresas dos cartões não estão nem aí para as despesas, quanto mais melhor. Os juros são altíssimos, daí pode surgir e prosperar estes golpes.
Usaram uma maneira simples de burlar todo mundo: emitindo boletos bancários falsos em que muitas vezes o pagador e o credor eram a mesma pessoa.
Como eram 15, poderiam emitir muitos boletos por mês e ninguém suspeitava de nada e isso tudo poderia ser convertidos em passagens aéreas, diárias de hotel e milhares de benefícios.
Tudo isso acontecendo numa rua pacata do Rio de Janeiro, onde foi planejado um dos maiores golpes com Cartões de Crédito.
Inventavam gastos irreais no cartão de crédito e criavam milhas.
Todos os boletos eram pagos com cartões de crédito, gerando mais e mais pontos para aquela família feliz que ficava viajando o ano inteiro, sem contar a casa cheia de objetos que compravam usando os pontinhos acumulados.
O dinheiro fazia um zig-zag entrando numa conta e saindo noutra da família, nunca deixando de gerar algumas milhas, para as próximas viagens. Trocavam estas milhas por passagens aéreas e estavam ganhando dinheiro negociando até com as agências de Turismo.
Foi aí que entrou em ação a PF e Ministério da Fazenda, investigando algumas contas que não fechavam. Colheram provas e um vasto arsenal de cartões de créditos, boletos bancários, passagens aéreas, notas fiscais e muitos documentos bancários.
E eu aqui pensando nos meus magros pontinhos, que nunca deram nem para uma passagem para o meu adorado Portugal.  Terra dos vinhos, dos azeites, dos azulejos azul e branco, dos pasteis doces e dos doces-doces das confeitarias.
Nem pensei em Lisboa, mas uma cidadezinha do interior, daquelas com menos de 10 mil habitantes; já estava bom.
Mas pobre é, e sempre será pobre.
Manoel Amaral

OSVANDIR E A GUERRA CIBERNÉTICA

OSVANDIR E A GUERRA CIBERNÉTICA



As ações numa guerra cibernética visam quebrar a
disponibilidade, confidencialidade e integridade dos
sistemas críticos e do poder central, causando perdas
econômicas e descrédito no governo
”.
IBTA – Instituto Brasileiro de Tecnologia Avançada.

Osvandir estava para fazer uma viagem para o exterior quando estourou a guerra cibernética entre governos e a WikiLeaks. Vários computadores foram invadidos e alterados para projetar ataques a órgãos do Governo Americano.

Foi aí que ele descobriu que fora envolvido na trama diabólica dos mentores da Guerra. O seu computador não respeitava mais aos seus comandos. Quando qualquer texto era digitado aparecia uma mensagem no monitor: “PC requisitado para ajudar no ataque a vários órgãos públicos do mundo inteiro.”

Um técnico foi chamado para ver possíveis problemas na máquina, mas disse:

— O seu PC está infectado por um vírus denominado Stuxnet, que pode fazer praticamente tudo que deseja no computador utilizando duas vulnerabilidades “zero day”.

Osvandir foi pesquisar para entender o que seria isso e encontrou na Wikpédia o seguinte: “Stuxnet é um worm de computador específico do sistema Windows descoberto em junho de 2010 pela empresa bielorrussa de antivírus VirusBlokAda. O Stuxnet é capaz de reprogramar CLPs e esconder as mudanças.” (Wikipédia)

Em computação um Worm, (verme, em português) é um programa auto-replicante, semelhante a um vírus. Stuxnet é um protótipo em operação de uma arma cibernética que levará a criação de uma nova corrida armamentista no mundo.

Ele não foi criado para roubar dinheiro, enviar spam ou para se apoderar de dados pessoais. Ele foi criado para sabotar fábricas, para prejudicar sistemas industriais. É aí que está a diferença e o marco para um novo mundo. A década de 90 foi marcada pelos vândalos cibernéticos e os anos 2000 pelos criminosos cibernéticos. Agora estamos entrando na década do terrorismo cibernético, com armas e guerras virtuais“, acredita Kaspersky..

Ele é capaz de:
Deixar um país às escuras ou sem comunicação durante horas.”
“O emprego maciço de todos os recursos e meios disponibilizados com o uso das redes de computadores
”.

Alvos vantajosos para uma guerra cibernética, segundo a importância das suas infra-estruturas, as redes de computadores e sistemas que gerenciam e controlam os serviços críticos de:
a. Redes de Telecomunicações;
b. Energia Elétrica;
c. Saúde Pública, Emergência e Água potável;
d. Sistema Financeiro;
e. Redes de Comando e Governo
.

Na guerra cibernética, permitem ao atacante o emprego maciço de todos os recursos e meios disponibilizados com o uso das redes de computadores. As ações numa guerra cibernética visam quebrar a disponibilidade, confidencialidade e integridade dos sistemas críticos e do poder central, causando perdas econômicas e descrédito no governo.” IBTA (Instituto Brasileiro de Tecnologia Avançada).

Todos os fatos mencionados acima indicam que o desenvolvimento do Stuxnet foi, provavelmente, apoiado por uma nação-estado, que possuía fortes dados de inteligência à sua disposição”, informam os principais jornais do mundo. “

Os principais portais da internet ficaram sobrecarregados. Nada estava funcionando direito.

A passagem aérea do Osvandir foi cancelada, sem a sua solicitação. A escalada da guerra informática contra todas as companhias que lhes negaram os meios de financiamento do site.

Fóruns foram criados e reuniram milhões e milhões de participantes, todos empenhados em atingir os Cartões de Crédito, que tiveram um prejuízo de milhares de dólares.

Agora a polícia anda atrás do autor de toda esta confusão. Dizem que ele teve problemas com duas garotas na Suécia para tirar o assunto do foco, coisa típica de vários governos.

Aí entrou no jogo o Lammer (do inglês Lamer = fraco, desabilitado), que sem saber ajudou na guerra cibernética. Na realidade o Lammer é uma cara que pensa que é hacker, mas na verdade ele não é nada, é um bobão que está sendo dominado pelo esquema da cibernética.

Quando Osvandir pensou que o susto maior havia passado, novos ataques surgiram na onda do WikiLeaks; os anúncios com vírus:
— Você acaba de ser premiado com um Celular, clique aqui e faça a sua escolha.

Na pressa o cidadão inocente acaba clicando e levando aquele chumbo grosso. Agora sim, a sua HD deverá ser substituída ou formatada e os seus arquivos foram todos para o beleléu.

Todo cuidado é pouco porque os vírus estão todos por aí, procurando só uma brechinha par penetrarem e causar o maior estrago possível.

Manoel Amaral

COPIEM E DIVULGUEM, ESTE TEXTO PODERÁ SAIR DO AR A QUALQUER MOMENTO!