Untitled

TODO AUTOR ADORA UM COMENTÁRIO
Imagem Google

Se você leu um texto, mas não comentou, não acrescenta nada para o crescimento do autor.

Todo escritor adora um comentário nem que seja maldoso, de que adiante você ficar curtindo, curtindo, compartilhando e esquecendo-se do mais importante que é o comentar.

Comentário atrai outros colegas que comungam a mesma ideia e além do mais podem fazer perguntas que serão esclarecidas pelos autores.

Um comentário bem feito é apreciado por todos e às vezes mais que o próprio artigo, crônica ou conto.

Um comentário poderá se transformar numa crônica ou artigo, dependo do assunto ou então servir para base para uma nova matéria.

Portanto se curtiu comente, se leu comente e se partilhou comente também!

MANOEL AMARAL

COMO DAR NOME AO SEU PERSONAGEM

COMO DAR NOME AO SEU PERSONAGEM

Imagem Google

É bom não colocar marcas e nem nomes de pessoas reais e famosas (cantores, artistas em geral) nas suas histórias. Você poderá ter problemas com processos.

Uso para criar os meus personagens a junção de nomes: Osvandir, meu personagem preferido de quase todas as histórias é uma reunião de letras dos nomes Osvaldo + Jurandir. Na família do Osvandir todos os nomes começam com “O” e terminam com “ir”.

Numa história, no Amazonas, tinha dificuldade de criar os nomes de personagens. Decidi trocar o tipo de fonte do texto e acabei notando uns ótimos nomes para meus personagens: Verdana, Lucida, Arial e Tahoma. Pronto! Estava solucionada a questão, os lindos nomes dos meus personagens para aquela história. E funcionou bem, Lucida acabou sendo a namorada do Osvandir por um bom tempo (dez capítulos).

Agora tem nomes muito populares que também podem ser usados e não tem como alguém reclamar: João, Antônio, José, Maria… uma lista enorme.

E você, que é criativo, pode inventar nomes, quanto mais estranhos melhor.

É bom manter um dicionário de nomes próprios e seus significados e também de sobrenomes de famílias. Um dia poderá precisar.

Amanhã vamos falar de títulos dos contos ou crônicas.

Manoel Amaral

www.casadosmunicipios.com.br