O LEILÃO DA VIRGINDADE

O LEILÃO DA VIRGINDADE

O leilão da virgindade já havia começado pela internet, fazia algumas horas.

Cris, 21 anos, corpo escultural, informou que só aceitaria o pagamento em dinheiro.

Era de origem simples, zona rural, gostava de cavalos e de passear pela natureza.

Teve a ideia do leilão quando leu numa revista a história de uma brasileira que foi para a Austrália para vender a virgindade.

O primeiro dia várias pessoas entraram em contato, mas a amiga de Cris, que publicou a notícia no Facebook achou os lances muito baixos. Disse que era melhor esperar mais alguns dias.

O texto viralizou na internet, muitos jornais e a TV queriam entrevistar Cris.
Em alguns casos virou piada nacional.

Muitas pessoas queriam uma reportagem mais completa, com fotos e saber se tinham laudo médico comprovando a virgindade.

Marília, a sua amiga, com mais experiência, foi levando tudo na seriedade, tentando elevar cada vez mais o valor do leilão.

Publicou um segundo texto, mas o rosto da pessoa ficou virado ao contrário, não dava para saber nada, ainda tinha umas árvores para complicar.

Mas alguém mais esperta mandou analisar aquela foto, que poderia até ser falsa e aumentou o lance, era goiana, 30 anos, fazendeira, disse mais que cobriria todos os lances. Pagaria em dinheiro, gado ou cavalos.

Tinham homens e mulheres interessados no assunto, mesmo sem saber a identidade real daquela pessoa.

Montou-se um pequeno escritório para responder as perguntas e Marília pediu que Cris só viesse ali usando disfarce.

A fazendeira dava lances diários, teve um dia que entrou em contato três vezes.
O final do leilão estava aproximando-se e o suspense foi aumentando.

Apareceu até um chinês interessado no assunto. Disse que traria uma indústria para a cidade e que pagaria em dinheiro. Mandou uns textos complicados, mas um professor ajudou a traduzir.

Um rico fazendeiro estava disputando em lances com a goiana. Uma briga feia. Todos queriam Cris.

Apareceu um Diretor querendo fazer um documentário sobre o assunto.

Até políticos queriam tirar fotos para render votos, mas isso não foi permitido.

Um Promotor disse que isso era ilegal e que moveria um processo contra Cris e Marília. Aí a coisa piorou, isto é melhorou. Os lances aumentaram, chegando a um milhão de reais.

Apareceu uma empresa interessada em utilizar a imagem de Cris para propaganda de seus produtos. Mesmo preservando a sua identidade, a proposta foi descartada.

Leilão encerrado, tudo documentado. Lavrou-se uma ata. Total final: Um milhão e setecentos e cinquenta mil reais. A vencedora: Maria das Graças, proprietária de uma grande fazenda em Goiás.

Marcou-se o dia para o encontro, num hotel de uma cidade cujo nome não foi divulgado.

Tudo deu certo conforme informou Gracinha, o pagamento já estava no banco.
E Cris que não era Cristina e sim Cristiano, agora casado, era também um fazendeiro muito rico, lá pelos lados de Goiás.

Manoel Amaral

OPERAÇÃO ÉDEN

OPERAÇÃO ÉDEN

Bom Jardim – Maranhão

Loura, bonita, 25 anos, Prefeita; a Lili está foragida desde a semana passada.

Ela é suspeita de desviar milhões em verbas dos públicos de um pequeno município do interior.

Com sobrenome de Leite, vendia leite na porta da casa da mãe para sobreviver na pequena cidade de Bom Jardim, no Maranhão.

Estudou apenas até completar o ensino fundamental. Valia-se da simpatia e da boa aparência para atrair a freguesia e acabou chamando a atenção de Humberto Dantas dos Santos, o Beto Rocha, fazendeiro de Lagarto (SE), com quem iniciou o namoro que mudaria sua vida para sempre.
Com patrimônio em torno de R$ 14 milhões, incluindo fazendas, caminhonetes de luxo e apartamentos em São Luís, o fazendeiro Beto não mediu esforços até agradar aquela jovem linda.

Ele já estava sendo investigado pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) denunciado à Justiça por prática de “captação ilícita de sufrágio” (compra de voto).

Beto então renunciou e lançou a candidatura da namorada acabou elegendo-a com 50,2% dos votos válidos (9.575) frente ao principal adversário. Beto então assumiu a Secretaria Municipal de Assuntos Políticos.

No entanto acabou preso na “Operação Éden”, por problemas nas licitações do Município.

A rotina da jovem:  viagens, festas, roupas caras, veículos e passeios de luxo é incompatível com o salário de pouco mais de R$ 12 mil que Lidiane recebia como prefeita de Bom Jardim e passou a compartilhar por meio de fotos nas redes sociais.
E até respondeu para algumas colegas: –“Eu compro é que eu quiser. Gasto sim com o que eu quero. Tô nem aí pra o que achem. Beijinho no ombro pros recalcados”.
Em outro post, ela diz: —“Devia era comprar um carro mais luxuoso pq graças a Deus o dinheiro tá sobrando (sic)”.
E aquela cidadezinha do interior de Maranhão é considerada a segunda pior cidade para se viver no Vale do Pindaré, composto por outras 22 localidades.

Ela desviou muito dinheiro e provocou muitas fraudes: “contratos firmados com “empresas-fantasmas, nas licitatórias, transferências bancárias suspeitas e desvio de dinheiro da merenda escolar.”

Agora está sendo procurada pela Polícia Federal que montou um esquema de vigilância em rodovias, portos, aeroportos, rodoviárias e até em fazendas de amigos, onde ela poderia estar escondida, mas ainda não conseguiu encontrá-la.
Ela montou pistas falsas para enganar a Polícia e continua gastando o dinheiro retirado dos pobres daquele município.

Manoel Amaral

MEGA SENA DE SÃO JOÃO

MEGA-SENA DE SÃO JOÃO

“A vida é uma loteria gigante, da qual só se vêm os ganhadores.” Fran Lebowitz
Osvandir estava pensativo, triste e sem palavras, mais uma Mega-Sena de São João e nada.

Antes estudou vários números, fez combinações, consultou a numerologia, avaliou bolões, marcou alguns pontos e sonhou: desta vez vou ficar rico!

Mas o jogo só trás benefício para a caixa (Governo); vejam só este resultado: foram distribuídos em prêmios apenas R$ 40.781.877,95.        
Dizem que 54% da renda dessa loteria são destinadas “ao custeio de diversos programas sociais.”

Nunca vi prestação de contas da Caixa ou de nenhuma dessas entidades.

Em nosso país existe um rolo compressor direto para a corrupção, tudo encobre e tudo arrecada em favor de um grupo do poder.

Fazer bolão é besteira, vejam só o caso da maioria, um senhor fez uma única aposta, de R$2,50 e levou um prêmio de R$65.823.888,16.

É bom lembrar que o rateio é o maior que já houve até agora.


Caro leitor, não se iluda, vá trabalhar, sonhar com os milhões é até bom, mas a realidade é outra. Muito difícil ganhar, veja só o percentual: existem “50.063.860 (cinquenta milhões sessenta e três mil oitocentos e sessenta) modos diferentes de se escolher os seis números de 1 a 60, ou seja: 0,000002% de chances de acertar.”

Então, respire fundo, pegue a enxada, a caneta, a mochila, o computador ou qualquer outro instrumento de trabalho e comece a trabalhar. É mais fácil ficar rico com o seu trabalho do que ganhar na Mega-Sena ou qualquer outro jogo da Caixa!

Manoel Amaral

BILHETE FALSO DA MEGA SENA DA VIRADA

BILHETE FALSO DA MEGA-SENA DA VIRADA
Osvandir estava pensativo, triste e sem palavras, mais uma Mega-Sena da Virada e nada.
Antes estudou vários números, fez combinações, consultou a numerologia, avaliou bolões, marcou alguns pontos e sonhou: desta vez vou ficar rico!
Mas o jogo só trás benefício para a caixa (Governo); vejam só este resultado: foram arrecadados R$871,3 milhões e foram distribuídos em prêmios apenas R$ 263,29 milhões.
Dizem que 54% da renda dessa loteria são destinadas ao custeio de diversos programas sociais.
Nunca vi prestação de contas da Caixa ou de nenhuma dessas entidades.
Em nosso país existe um rolo compressor direto para a corrupção, tudo encobre e tudo arrecada em favor de um grupo do poder.
Agora apareceram várias fotos bilhetes da virada na internet com os números 01, 05, 11, 16, 10 e 56, a gente sabe que é fake, do contrário já teriam recebido da Caixa, o tão cobiçado prêmio.
Fazer bolão é besteira, veja só o caso de Brazlândia, um senhor fez uma única aposta, de R$2,50 e levou um prêmio de R$65.823.888,16.

É bom lembrar que este rateio de R$ 263,29 milhões é o maior que já houve até agora.

Caro leitor, não se iluda, vá trabalhar, sonhar com os milhões é até bom, mas a realidade é outra. Muito difícil ganhar, veja só o percentual: existem “50.063.860 (cinquenta milhões sessenta e três mil oitocentos e sessenta) modos diferentes de se escolher os seis números de 1 a 60, ou seja: 0,000002% de chances de acertar.”

Então, respire fundo, pegue a enxada, a caneta, a mochila, o computador ou qualquer outro instrumento de trabalho e comece a trabalhar. É mais fácil ficar rico com o seu trabalho do que ganhar na Mega-Sena ou qualquer outro jogo da Caixa!

Manoel Amaral

CIBERCRIMINOSOS

CIBERCRIMINOSOS

Imagem Google


R$ 2,5 bilhões, um dos maiores roubo a banco da história.

O Jornal The New York Time informou que o relatório do Kaspersky Labs revelou um esquema de “assalto digital” a banco muito interessante.

Os hackers realizam o maior roubo a banco da história. Os prejudicados eram os bancos e não os seus clientes.

Mais de 30 países foram assaltados, menos o Brasil.

Estima-se que em alguns meses mais de US$900 milhões foram roubados.
Como “assalto digital” este foi um dos mais sofisticados esquemas, sendo o maior de história de roubo a bancos.

Os cibercriminosos usaram os mais sofisticados esquemas de roubo a bancos até agora descobertos.

Esse seria o maior e mais sofisticado roubo a bancos da História, em termos de táticas e métodos.

Eles se infiltram em computadores de funcionários de bancos através de malwares e ficam monitorando por um tempo todas as atividades realizadas no computador para identificar padrões de transações e tudo mais.

Até hoje, nenhuma quantia maior que US$ 10 milhões foi transferida para não levantar grandes suspeitas.

Todo esse dinheiro acaba sendo pulverizado em várias contas de laranjas em diversos países pelo mundo. Em seguida, a grana é sacada em caixas eletrônicos.

Acreditam que pelo menos 100 bancos tenham sido invadidos. A maioria está na Rússia, mas instituições financeiras nos EUA, Japão, Suíça e outras nações também foram atacadas.

Manoel Amaral
FONTE:

SACO DE REGALIAS

SACO DE REGALIAS

Esse “Saco de Regalias” aí foram concedidos aos juízes e tem até auxílio-creche, pode uma coisa dessas?

Não vou citar as outras vantagens que eles vão receber junto com os altos salários para não enfurecer a patuleia.

E os processos só aumentando e ninguém preocupado…

Mas quem quiser saber todos os detalhes é só acessar o link do final desta crônica.

E a Dieta da Presidenta Dilma, vai custar apenas R$6.000,00.

É até engraçado, antes das eleições vêm as “bondades”, as “regalias”, depois diz para os Ministros que é preciso fazer economia, “arrocho”, arrecadar mais impostos, os “tarifaços” da Energia e Água. Sem contar as alterações contra os trabalhadores no abono salarial, seguro desemprego, pensão por morte e auxílio-doença.

Ainda tem outros aumentos ensaiando para disparar logo depois de janeiro.
E as aplicações em Saúde só baixando, só 4,27% e 4,10% dos totais transferidos pelo Governo Federal em 2014.

E o nosso Secretário de Esportes é um Pastor e não entende nada de bola.
Sabem quanto vai custar só o cafezinho lá na Câmara de BH? Apenas R$212 mil.

Engraçado: A Presidenta xingou tanto os bancos e convidou para Ministro da Economia um banqueiro, que não aceitou e indicou o outro, o Joaquim lá do Bradesco.

O que a gente assiste é o vergonhoso loteamento de cargos, tanto na esfera Federal como na Estadual.

Vocês lembram-se da Abreu Lima, a Refinaria? Pois é, os prejuízos eram ainda maiores, mais de três Bilhões.

E as empreiteiras estão esperneando, demitindo e a cada passo da Operação Lava-Jato elas estão cada vez mais comprometidas.

Ainda tem os “Supersalários” dos Ministros, que ganham mais que a Presidenta. É um caso que deveria ser corrigido.

E o combate à corrupção está bem abaixo da meta estabelecida.

O pobre cidadão gasta 39% do seu salário com despesas com veículo.

O dinheiro de plástico (cartão de crédito) está cada vez mais endividando as pessoas.

Nas praias do litoral brasileiro os arrastões continuam assustando os banhistas e turistas. Rimou? Triste coincidência.

E todo mundo queriam que evitassem a morte daquele traficante brasileiro na Indonésia. Adote um cãozinho Pitbull, ou um Rottweiler, para brincar com as suas crianças. 

Depois desta ressaca política, um médico de Las Vegas inventa um soro capaz de acabar com a ressaca. Nenhuma novidade, são os nossos velhos chás de gengibre e boldo.

Enquanto isso o Sistema Cantareira registra outro ponto para baixo na triste tabela da falta d’água.

Manoel Amaral

NOVEMBRO VIROU PÓ

NOVEMBRO VIROU PÓ
Imagem Google

“Do pó viemos, ao pó voltaremos”
Gênesis 3,19
Tem muita gente interpretando a frase acima diferente: Do pó vivemos, o pó venderemos. E olha o helicóptero passando por aí…
A Gerdau, ela vai investir R$5,8 bilhões em Minas.
Era um presídio modelo, câmeras por todo lado, monitorado 24 horas por dia. Foi a primeira unidade implantada por PPP e considerada por todos como inviolável. Localizada em Ribeirão da Neves/MG. Um detento, não pulou muro, não fantasiou-se de mulher, não furou buraco nas paredes, fugiu de lá em uma trouxa de roupas.
E o leilão dos aeroportos? Só deram empreiteiras e empresas estrangeiras. Até a África do Sul presente com a ACSA. Mas como sempre, para garantir o negócio tinha que ter dinheiro público: o BNDS estava lá.
Só agora que Edwards Snowden (delator do esquema de espionagem dos EUA) resolveu falar sobre as manifestações no Brasil: “Vocês demonstraram que a voz de uma sociedade é ouvida quando milhões de pessoas vão às ruas”.
Prefeituras estão aproveitando o fim de ano e aumentando o IPTU, ISSQN e ITBI. O Povo já não tem onde arrancar mais dinheiro para pagar as dívidas e ainda tem os impostos Federais e Estaduais.
E o Estado, seguindo o exemplo da União, vai acabar com o Fundo de Previdência de Minas Gerais – FUNPEMG. Governo diz que quer centralizar as arrecadações. Tem R$3,0  bilhões na jogada.
E a Assembleia Legislativa acabou com o voto secreto, os 14º, 15º salários e promete extinguir o auxílio moradia dos deputados que residem na Grande BH.
E o coitado do Eduardo Campos e a Marina que queriam ser a 3ª via acabaram no 3º lugar, muito abaixo da expectativa.
E os mensaleiros, hein? Estão numa boa, todos querem trabalhar fora da cadeia depois que o Dirceu se deu bem num hotel St. Peter. O dono desta rede é poderoso.
Sabem por que os dados da Agência Nacional do Petróleo – ANP não caiu nas mãos dos gringos? Devido a precariedade do sistema usado por lá. Até hoje os dados estão em cofre forte, à prova de balas, sem internet nem nada.
E o negócio do Gás do rio  São Francisco vai acabar na mãos de estrangeiros. Já na licitação da ANP – Agência Nacional do Petróleo, da Bacia do Paraná, a Petrobrás, totalmente endividada, ficou com a maioria dos blocos. Não deve ser boa coisa, do contrário os EUA, a França e a Inglaterra estaria por lá.
E a poupança da era Collor e Sarney? Quem tinha muito dinheiro, entrou na justiça e poderá no ano que vem receber uma nota preta.
Os bancos estão choramingando dizendo que vão quebrar. O pior são os pobres que já estão quebrados. Este sistema de cálculo só vai beneficiar os ricos, os que têm pequenos depósitos vão pro saco.
E por falar em saco, tem um norte-americano que vendeu um testículo para comprar um carro Nissan que custa mais de 80 mil reais.
E os Parques brasileiros receberão R$10 milhões de reais para atrair os turistas da Copa. Já estou vendo muita gente perdida no mato, dando trabalho para o Corpo de Bombeiros.
E o Estado do Rio de Janeiro não conseguiu pagar o restante da festa da Jornada Mundial da Juventude. A dívida passa dos R$90 milhões. Estão pedindo ajuda ao Papa.
E a área de saúde? Os grandes hospitais estão quebrados. Em Montes Claros não conseguem pagar nem o 13º salário. Do nosso São João nem digo nada.
E aquela mãe desnaturada que vendeu o bebê e depois simulou um sequestro e pôs todo mundo do Facebook para procurar o filho. Foi um fiasco.
E o Governo quer que o Google e o Facebook  coloquem as sua bases de dados por aqui. É muita inocência, isto nunca vai acontecer. Mas tem segundas intenções nisso tudo.
E já tem gente chamando os mensaleiros de heróis, santos e blá, blá, blá. Deputado José Guimarães, discursou para contestar a prisão de seu  irmão Genoíno e falou que ele não é corrupto, quanta santidade.
E aquele cantorzinho que achando que aqui era Casa da Mãe Joana, saiu pintando os muros da cidade.
E a gasolina subiu mais uma vez …
E só uma notícia boa: O Senado vai votar na próxima semana Proposta que define as regras para meia-entrada nos eventos culturais.

Manoel Amaral
www.casadosmunicipios.com.br

O HOMEM DOS DEZ MILHÕES DE DÓLARES

O HOMEM DE 10 MILHÕES DE DÓLARES

Imagem Google

01 – 08 – 17 – 44 – 46 – 53

Atravessei a semana passada com um pensamento na cabeça: — O que terá acontecido com o homem ou mulher que ganhou 23 milhões de reais na Mega-Sena em Julho deste ano?

Os números sorteados foram: 01 – 08 – 17 – 44 – 46 – 53, o desaparecido acertou sozinho os seis números sorteados pelo concurso 1510 da Mega-Sena, no dia 10 (quarta-feira), no mês de julho passado, valor do prêmio: R$22.933,056,04.

Só de juros ele já perdeu mais de R$300 mil reais.

Ele ou ela é de Ponta Grossa/PR, Campos Gerais e fez a aposta na casa lotérica localizada na galeria de um edifício no centro de Ponta Grossa e nem conhecemos o nome a Lotérica.

O que teria acontecido como o feliz/infeliz ganhador (a)?

As conversas fiadas aumentaram nas cidades, nos postos de gasolina dizem que ele morreu atropelado.

Nas Lotéricas dizem que ele foi sequestrado ou tudo foi orquestrado, mais um golpe publicitário para mais vendas no fim do ano com a Mega-Sena da Virada.

Mas as conversas fiadas e à vista, continuaram: — Ele morreu do coração e a família não quer falar nada porque até hoje está procurando o bilhete.

A conversa mais repetida é de que ele não morasse no município; mas que bobagem, ele poderia receber o prêmio em qualquer agência da cidade em que estivesse.
O interessante que pouca gente sabe que a aposta simples na Mega-Sena tem apenas uma chance em 50 mil de acertar as seis dezenas do concurso e ele fez uma aposta destas.

“Dizem que a mulher dele lavou a calça com o bilhete no bolso e o bilhete se desmanchou na água”.

Outros acham que ele nem sequer soube que fez a aposta premiada, isto pode ser verdade, de janeiro a julho deste ano, registrou-se um total de R$ 137,8 milhões em prêmios prescritos em vários concursos e modalidades de loterias.

No mesmo sorteio de que ele participou, 95 pessoas acertaram a quina e 9.101 a quadra.
O sortudo tinha 90 dias para retirar o prêmio , após esse prazo, os valores são repassados ao tesouro nacional para aplicação no FIES – Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior.
Em virtude da greve dos bancários, o ganhador poderá retirar o prêmio até um dia após o fim da paralisação. Parece-me que a greve terminou ontem.
Manoel Amaral
FONTE: Gazeta do Povo e Jornal O Globo
Outras histórias sobre loterias:

B. CASSIDY & S. KID – I


B. CASSIDY & S. KID – I

Os bandidos do New-West

Cassidy e Kid estavam sempre juntos naqueles assaltos a bancos, carros fortes e suas intermináveis fugas pelas montanhas daquele país.

Já tinham passado pelas Gerais onde procuravam as cidades menores, a caraterística principal destes assaltantes.

Faziam um levantamento inicial, contratavam alguns extras para vigiar as entradas.

Provocavam um acidente para chamar a atenção para outro lado, enquanto dinamitavam os bancos ou os caixas fortes.

Dominavam quartéis, delegacias e fóruns levando todas as armas.

Chegaram a comprar até uma metralhadora antiaérea e antitanque, adquirida no Paraguai, vários carros, celulares e uma infinidade de outras armas e equipamento para arrombar cofres. Nunca se esquecendo das caixas de dinamite, um artefato explosivo à base de nitroglicerina.

Cassidy vivia bolando os mais incríveis planos para atacar as cidades.
Certa vez estavam planejando um assalto a uma mina de ouro na Venezuela que renderia uns  50 milhões, mas houve muitas prisões e eles tiveram que desistir do plano.

Um dos assaltos mais espetaculares que realizaram teve um planejamento de aproximadamente um mês.

Alugaram uma casa próxima a um banco. Fizeram um túnel, sem que ninguém desconfiasse de nada e num feriadão levaram todas as joias e dinheiro ali depositado. Foi preciso uma pá-carregadeira para transportar tanto dinheiro.

Os 40 milhões foram distribuídos entre os participantes e os coitados caçados por todo país.

Outros compraram carros, casas, fazendas e até iates. Com mulheres e farras foi uma ninharia.

A partir daí o seu bando foi quase dizimado. Houve extorsão, assalto a assaltantes e vários assassinatos de familiares dos bandidos. Mas isso foi há muito tempo.

Agora eles contentam com pequenos roubos a carros fortes e assalto a bancos de pequenas cidades.

THE NEW WEST – IV – A CAIXA DE PANDORA


THE NEW WEST – IV

A CAIXA DE PANDORA

“Operação Caixa de Pandora, foi criada em 2009, para reprimir fraudes em licitações no governo do Distrito Federal.”

Envolvimento de servidores públicos, empresários e até integrantes do Judiciário.

“A Operação Caixa de Pandora da Polícia Federal, acabou com o Mensalão de DEM em Brasília e levou à prisão do ex-governador José Roberto Arruda”

Foram apreendidos computadores, mídias, documentos, além de 700 mil reais, 30 mil dólares e 5 mil euros. Foi uma de maior impacto da PF.

“O esquema de corrupção seria uma espécie de “pedágio” que Arruda cobrava de empresas interessadas em conseguir contratos com sua gestão. O dinheiro arrecadado, segundo o inquérito da Polícia Federal, era dividido entre ele, o vice-governador, Paulo Octávio, secretários e assessores.”

De acordo com a operação da PF, o dinheiro que Arruda repassava a políticos vinha de empresas privadas que prestavam serviço ao governo do DF. Aqui uma coisa interessante, o dinheiro distribuído não saía da área pública.

“As empresas pagavam “por fora” para garantir a os contratos e continuidade dos serviços. O ex-governador, por sua vez, pagava aos aliados e adversários políticos para garantir estabilidade no governo e aprovar os projetos que queria. Com o apoio político, facilitava os contratos e licitações das empregas que forneciam o dinheiro.”

“Entre a pilha de coisas recolhidas, estavam agendas com anotações de pagamentos a políticos, livro-caixa com a contabilidade que os investigadores suspeitam ser de propina, dossiês sobre corrupção em empresas públicas e secretarias, além de um mapa com loteamento político de mais de três mil cargos no governo do DF, remessas de dinheiro para o exterior e acertos para fraude em licitações públicas.”

Ao todo, o processo principal já tem cerca de 40 mil páginas, fora os apensos e os avulsos.


Manoel Amaral

Fonte: Do R7, em Brasília; Revista Veja; Folha de S.Paulo