OSVANDIR E A PEDRA AZUL

No último capítulo do BIG BANG BOST, Osvandir viu descer do espaço um aparelho esquisito, quase quadrado. Caiu longe da praia, lá na mata.

Dr. Jackello pediu ao Alex Sayid, ao Galego Hurley e ao Fernando Sawyer que fossem procurar o objeto desconhecido que acabara de cair do espaço.

Ao andar pela praia Hurley viu um cabo de aço enterrado na areia, com a ajuda de Sayid foram acompanhando-o por entre galhos e brejos. Fernando, sempre brigão, resmungava: “o que vim fazer neste lugar?”.

Quando estavam quase desistindo viram aquela “coisa” dependurada numa árvore. Ficaram apreensivos ao avistarem algumas pessoas se movendo lá dentro. Procuraram localizar alguma porta ou saída, mas estava tudo muito bem protegido.

Assim que os tripulantes daquela nave estranha notaram os três lá em baixo, tentaram fazer comunicação, mas nada se ouviu do lado de fora. Fizeram sinais para que cortassem alguns galhos das árvores. Hurley que era gordo não subia em árvores, Alex Sayid só entendia de Rádio. Nandão Sawyer foi quem tomou a iniciativa de subir numa árvore próxima cortando alguns galhos.

O barulho foi muito grande, aquela máquina foi ao chão. Hurley foi quem falou primeiro:
__ Quem são vocês? De onde vieram?
__ Nós viemos do Brasil, mais precisamente de São Paulo…
__ São Paulo? A capital da Argentina?
__ Não, São Paulo é a maior cidade da América do Sul. Mas e vocês o que fazem aqui nesta ilha?
__ Viemos da casa do BBB e caímos em Bost.

Daquele mecanismo, mais parecido com um elevador, saíram AL, EL, IL, OL e Dr. Mendes.
Todos reunidos seguiram para o acampamento da praia. Tão logo chegaram avistaram Osvandir sentado num tronco, avivando o fogo, assava um peixe.
__ Olá pessoal, o que estão fazendo aqui meninos?
__ Viemos te visitar, falou AL.
__ Quem é aquele ali, Al? Disse Osvandir.
__ É o Il, ou Ildefonso, a quem o Pepe chama de Ilde.
__ Nossa, até o OL veio, o OLHO QUE TUDO VÊ…
__ Vim e trouxe EL (o Mané) e o Dr. Mendes.

Dr. Jackello quis saber como os cinco vieram parar na ilha. Dr. Mendes então falou:
__ Tudo começou quando eu e o Ilde resolvemos fazer uma pequena experiência de laboratório, em São Paulo,, para reproduzir o “Big Bang”, para isso convidamos Manoel, Fábio e o Al Cruz para assistirem. Acontece que algo deu errado, tivemos que fugir do local às pressas, mas o elevador não desceu, ao contrário, subiu e em alta velocidade, viemos parar aqui, sem sabermos como. Parece que entramos numa região magnética, numa falha do tempo.

Ao fim das explicações Dr. Jack convidou a todos para almoçar o peixe que Osvandir acabara de preparar. A comida sem sal, mas para quem estava com muita fome, ela parecia ótima.

Refeito do susto, Manoel, Fábio, Ilde e Dr. Mendes foram para a barraca mais próxima bater papo de boteco, sem bebida alcoólica, que estava racionada na Ilha de Bost. Há muito tempo não caía avião com este tipo de carga…

Na manhã seguinte Osvandir convidou Al para uma expedição em busca de um pequeno avião que caíra na floresta no mês passado.

Com suas pesadas mochilas às costas, os dois adentraram no meio da mata, seguindo a direção sul, onde avistaram duas montanhas denominadas de Torres Gêmeas. Andaram cerca de dez quilômetros em linha reta e quando pensavam estar chegando, tinham ainda muito terreno para percorrer.

Pesquisando num desfiladeiro, Osvandir encontrou alguns destroços de avião: pedaços de asa, uma porta, cacos de vidro e pequenas peças. Al que o seguia a certa distância gritou:
__ Olha! Ali naquela árvore tem qualquer coisa.
__ É o avião, disse Osvandir.

Al pegou um facão e foi abrindo caminho até o local. Jogou uma corda amarrada a uma pedra e esta enroscou-se num galho de uma árvore de Gameleira. Osvandir subiu lentamente até o avião e gritou de lá de cima:
__ O avião está cheio de imagens de gesso, de vários santos.
__ Toma cuidado Osvandir, a qualquer momento ele pode cair. É melhor você descer…

As palavras de Al soaram como proféticas. Foi só ele acabar de falar e tudo veio parar no solo. Osvandir ficou dependurado num cipó.

Alguns minutos depois os dois examinavam os destroços, encontraram alguns remédios que resolveram levar para Dr. Jack.

Quando estavam preparando para retornar, Osvandir pegou uma imagem daquelas e partiu-a ao meio. Estava cheia de cocaína. Sem saber o que fazer, optaram por encobrir o avião com alguns galhos e capim. (CONTINUA…)