OSVANDIR E A BACTÉRIA ASSASSINA

OSVANDIR E A BACTÉRIA ASSASSINA

Desenho da Bactéria – Crédito: Maria Luiza – 8 anos

Osvandir muito preocupado com a saúde pública resolveu investigar esta tal de E.Coli (Escherichia), uma bactéria assassina.

Ninguém sabe se veio do espaço, de laboratório ou coisa parecida.

O certo é que ela anda matando gente no mundo inteiro. Uns acham que é nova, mas a dita foi descoberta por Theodor Eschrich, alemão, em 1885, sendo, portanto uma das mais antigas do mundo.

Esta bactéria é muito engraçada, além do mal que provoca nas pessoas, principalmente a diarreia, ela causa flatulências.

No mês de junho, onde tem foguete para todo lado (viva Sto. Antonio do Monte!) é pum, pum, pum para cima no Brasil e pum, pum e pum para baixo, na Alemanha, Portugal, França, EUA, Itália, Inglaterra.

Ela está na água não tratada e principalmente nos produtos consumidos cru, como as saladas.
O pepino, pimentão, tomate e abobrinha italiana eram os indicados pelas pesquisas como transmissores.

Depois mudou tudo, não acusaram mais os legumes e verduras. Os prejuízos para os agricultores da Europa foram enormes, estão reclamando uma gorda indenização dos laboratórios e dos Governos.

Aqui no Brasil estão acusando o chuchu de vilão da história da inflação.

Os médicos estão recomendando comer alimentos totalmente cozidos, evitar saladas, e beber apenas água mineral. A explicação é a seguinte: as saladas são muitas vezes regadas com águas contaminadas (detritos fecais, vamos ser mais claro, é cocô mesmo) que transmitem diarreia.

O Cidadão fica com uma dor de barriga horrível, vômitos, náuseas e febre. Enchem os hospitais e postos de saúde. A indicação é que se aplique o soro caseiro (um pouquinho de sal e uma colher de sopa de açúcar num litro de água filtrada).

Sabe quando você sai de Minas, vai ao litoral, quer curtir a praia e as moças bonitas? Bebe e come tudo que encontra pela frente? Volta para casa com uma tremenda diarreia. Pode ser a E. Coli.

Sabe quando você vai urinar e dói muito, uma ardência danada? Um fedor insuportável? Também pode ser a infecção pela bactéria.

Ela está na intoxicação alimentar, infecção urinária (principalmente nas mulheres jovens), conhecida como “cistite da Lua de Mel” (ui!).

Estava esquecendo-me de dizer, esta bactéria é muito resistente as estes antibióticos que existem por aí que não curam nada.

E não tente tratar em casa com chá caseiro ou automedicação, procure o seu médico que é quem conhece a doença.

E olha que esta Ecolizinha não é brincadeira, é motivo de altos estudos em laboratórios pela Biologia Molecular, Bioengenharia e microbiologia industrial.

O assunto é tão complicado que tem gente pesando até que a E. Coli seria uma nova arma biológica. É um contraste: ela mata e por outro lado cura. Existe uma lista enorme dos produtos que os laboratórios estão extraindo da bichinha.

Foram os ovos contaminados na Inglaterra e Holanda, porcos no México, leite e aves na China, a coisa está ficando preta. Agora um pepino e dois tomates na Alemanha, onde o povo adora o repolho. ..

Surgiram várias vacinas e suspeitas que estes vírus todos seriam criados nos próprios laboratórios. Leiam o meu conto (ficção, viu gente) A GRIPE CANINA, neste mesmo espaço.

Na verdade os grandes laboratórios enriqueceram da noite para o dia. Hoje tem vacina estocada por todo lado.

Esta variante de bactéria é uma nova estirpe, e mais mortal, e que por esse motivo o nosso organismo humano ainda não reconhece a bactéria nem criou defesas próprias.

Tenho Bene…dito!
E viva Santo Antônio (13.06)

Manoel Amaral
http://osvandir.blogspot.com/

OSVANDIR E A GUERRA CIBERNÉTICA

OSVANDIR E A GUERRA CIBERNÉTICA



As ações numa guerra cibernética visam quebrar a
disponibilidade, confidencialidade e integridade dos
sistemas críticos e do poder central, causando perdas
econômicas e descrédito no governo
”.
IBTA – Instituto Brasileiro de Tecnologia Avançada.

Osvandir estava para fazer uma viagem para o exterior quando estourou a guerra cibernética entre governos e a WikiLeaks. Vários computadores foram invadidos e alterados para projetar ataques a órgãos do Governo Americano.

Foi aí que ele descobriu que fora envolvido na trama diabólica dos mentores da Guerra. O seu computador não respeitava mais aos seus comandos. Quando qualquer texto era digitado aparecia uma mensagem no monitor: “PC requisitado para ajudar no ataque a vários órgãos públicos do mundo inteiro.”

Um técnico foi chamado para ver possíveis problemas na máquina, mas disse:

— O seu PC está infectado por um vírus denominado Stuxnet, que pode fazer praticamente tudo que deseja no computador utilizando duas vulnerabilidades “zero day”.

Osvandir foi pesquisar para entender o que seria isso e encontrou na Wikpédia o seguinte: “Stuxnet é um worm de computador específico do sistema Windows descoberto em junho de 2010 pela empresa bielorrussa de antivírus VirusBlokAda. O Stuxnet é capaz de reprogramar CLPs e esconder as mudanças.” (Wikipédia)

Em computação um Worm, (verme, em português) é um programa auto-replicante, semelhante a um vírus. Stuxnet é um protótipo em operação de uma arma cibernética que levará a criação de uma nova corrida armamentista no mundo.

Ele não foi criado para roubar dinheiro, enviar spam ou para se apoderar de dados pessoais. Ele foi criado para sabotar fábricas, para prejudicar sistemas industriais. É aí que está a diferença e o marco para um novo mundo. A década de 90 foi marcada pelos vândalos cibernéticos e os anos 2000 pelos criminosos cibernéticos. Agora estamos entrando na década do terrorismo cibernético, com armas e guerras virtuais“, acredita Kaspersky..

Ele é capaz de:
Deixar um país às escuras ou sem comunicação durante horas.”
“O emprego maciço de todos os recursos e meios disponibilizados com o uso das redes de computadores
”.

Alvos vantajosos para uma guerra cibernética, segundo a importância das suas infra-estruturas, as redes de computadores e sistemas que gerenciam e controlam os serviços críticos de:
a. Redes de Telecomunicações;
b. Energia Elétrica;
c. Saúde Pública, Emergência e Água potável;
d. Sistema Financeiro;
e. Redes de Comando e Governo
.

Na guerra cibernética, permitem ao atacante o emprego maciço de todos os recursos e meios disponibilizados com o uso das redes de computadores. As ações numa guerra cibernética visam quebrar a disponibilidade, confidencialidade e integridade dos sistemas críticos e do poder central, causando perdas econômicas e descrédito no governo.” IBTA (Instituto Brasileiro de Tecnologia Avançada).

Todos os fatos mencionados acima indicam que o desenvolvimento do Stuxnet foi, provavelmente, apoiado por uma nação-estado, que possuía fortes dados de inteligência à sua disposição”, informam os principais jornais do mundo. “

Os principais portais da internet ficaram sobrecarregados. Nada estava funcionando direito.

A passagem aérea do Osvandir foi cancelada, sem a sua solicitação. A escalada da guerra informática contra todas as companhias que lhes negaram os meios de financiamento do site.

Fóruns foram criados e reuniram milhões e milhões de participantes, todos empenhados em atingir os Cartões de Crédito, que tiveram um prejuízo de milhares de dólares.

Agora a polícia anda atrás do autor de toda esta confusão. Dizem que ele teve problemas com duas garotas na Suécia para tirar o assunto do foco, coisa típica de vários governos.

Aí entrou no jogo o Lammer (do inglês Lamer = fraco, desabilitado), que sem saber ajudou na guerra cibernética. Na realidade o Lammer é uma cara que pensa que é hacker, mas na verdade ele não é nada, é um bobão que está sendo dominado pelo esquema da cibernética.

Quando Osvandir pensou que o susto maior havia passado, novos ataques surgiram na onda do WikiLeaks; os anúncios com vírus:
— Você acaba de ser premiado com um Celular, clique aqui e faça a sua escolha.

Na pressa o cidadão inocente acaba clicando e levando aquele chumbo grosso. Agora sim, a sua HD deverá ser substituída ou formatada e os seus arquivos foram todos para o beleléu.

Todo cuidado é pouco porque os vírus estão todos por aí, procurando só uma brechinha par penetrarem e causar o maior estrago possível.

Manoel Amaral

COPIEM E DIVULGUEM, ESTE TEXTO PODERÁ SAIR DO AR A QUALQUER MOMENTO!

OSVANDIR E O ATAQUE

“Um Cavalo-de-Tróia do ransonware invade seu PC e
compacta todo o conteúdo da pasta “Meus Documentos”
para um arquivo protegido por senha.”
(Fernando Mellis)

Estávamos numa sexta-feira, véspera de um feriadão, pois na terça seria dia-santo, então ninguém iria trabalhar na segunda, ficando tudo paralisado até quarta-feira.

Osvandir chegou de uma de suas viagens na quarta de manhã. Ao consultar a sua caixa de e-mail, verificou uma mensagem meio esquisita.

Exigiam um determinado valor para liberar arquivos do Windows, com extensão .DOC.

Indicavam a conta onde deveriam ser depositado o tal valor.

Osvandir lembrou que uma semana antes havia aberto, por acidente, um e-mail com anexo de extensão .EXE.

A primeira coisa que lhe veio à mente foi verificar os arquivos com as suas histórias, que iniciam sempre com o seu nome.

A decepção foi muito grande! Não encontrou nenhum arquivo, nas pastas, e nem na listagem normal da abertura de MEUS DOCUMENTOS. Olhou no Desktop, nada! Nenhum arquivo com início da palavra Osvandir. Ficou apreensivo! Todas as suas histórias foram retiradas dos arquivos do computador, bem como outras que tinha relação com tais documentos.

Ligou para um de seus amigos e fez a exposição do problema. Ele respondeu:
__ Pode ser um CAVALO-DE-TRÓIA, instalado inadvertidamente em seu computador. Ele compacta todo o conteúdo da pasta “Meus Documentos” para um arquivo protegido por senha, caro amigo.

__ O que poderemos fazer? – perguntou aflito Osvandir.

__ Primeiro alguns conselhos: Jamais abra arquivos com anexos e nem rode executáveis, se não conhecer bem quem é o remetente. Todo cuidado é pouco em fim de ano, quando recebemos Cartões de Natal, solicitação de nova amizade, faturas falsas, e-mails de bancos (eles não enviam e-mails para ninguém), ofertas de jóias ou eletrônicos (celulares, câmeras digitais) a preços baixíssimos.

__ Mas as tentações são muitas e é muito difícil resistir a tais ofertas.
__ Pois é meu caro, mas aí é que reside o perigo. Cuidado com as ofertas gratuitas de toque de celular, músicas e leilões. Todos podem conter vírus.

__ Mas e agora, o que eu faço?

__ Vamos tentar solucionar este problema! Este tipo de “seqüestro” é chamado de “Ransomware”. Os hackers (na realidade os crackers) seqüestram os arquivos do computador, criptografando-os e tornando-os ilegíveis e inacessíveis. Os arquivos só são devolvidos mediante pagamento de resgate.

__ Então é pior que estes seqüestros por telefone, onde os bandidos exigem certa quantia para soltar uma pessoa, que na realidade, não foi raptada, mas a família que não sabe disso, fica muito apreensiva e dependendo da situação, pode até pagar o resgate.

__ Aqui precisamos fazer uma distinção: Hackers são do bem, Crackers são do mal. Os primeiros trabalham na segurança das empresas, os segundos tentam invadir os computadores, para obter vantagens ilícitas.

__O que resta é verificar se tem cópias em CD, nos arquivos. Se não tiver, procure a polícia. Não pague nada e não visite nenhum link presente no pedido de resgate.

__ E não tem nenhum programa de recuperação de arquivo?

__ Pode até ter, mas outro cuidado, ao fazer download de programas gratuitos, pode estar levando para o seu computador, vírus.

__ Meu Deus! Então não poderemos fazer mais nada, que pegamos vírus.

__ Também não é assim. Precisamos tomar cuidado com e-mails que tem anexos de extensões .cmd, .bat, .scr ou .exe. Deverá manter seu Sistema Operacional e aplicações de segurança, como anti-spam, anti-phishing, antivírus e anti-spyware, sempre atualizados.

__ Estou até com medo de mexer no computador. Lembro de uma vez que ao abrir as páginas que sempre trabalho, as letras foram caindo uma a uma. Fique horrorizado e desliguei o computador. Depois fiquei sabendo que eram os meus sobrinhos que pretendiam passar-me este susto.

__ Olha Osvandir, tem muitos crackers que invadem os sites de vendas para roubar informações pessoais dos consumidores que fazem compras pela internet usando computadores públicos ou redes de Wi-fi abertas.
__ Sei que existe até o Chupa-cabra, instalado nos equipamentos bancários, que retém dados dos cartões dos usuários.

__ Uma das precauções que recomendo é trocar todas as suas senhas,(até as dos cartões dos bancos) não usando nome próprio, data de nascimento e outras fáceis dos ladrões associarem.

__ Ao comprar pela internet devemos verificar o endereço físico da loja…

__ Isso é outra coisa que devemos prestar a atenção, precisamos saber, nome, endereço, telefone e e-mail, para o caso de uma devolução, troca ou reclamação qualquer. Só comprar de lojas conhecidas.

__ Agora mesmo vejo em meu grupo alguém reclamando que estão enviando e-mails a seus amigos oferecendo Viagra, como pode ser isso.

__ Pode acontecer de o computador estar infectado e enviando e-mails falsos, sem o seu conhecimento.

__ Olha aqui, Osvandir. Não precisa preocupar-se, todas as suas histórias estão gravadas em CD. Deve fazer isso toda semana, não se esqueça, – disse o seu sobrinho. Mande formatar o HD e depois instale os anti-vírus, para não ter mais problemas.

__ Ufa! – Desabafou Osvandir.

Não receba Presente de Grego, neste Natal; fuja do Cavalo-de-Tróia!

MANOEL AMARAL